#testemunho: Simpática, apaixonada pela vida, radialista, a Filipa Galrão é a autora do projeto @filipagalrao 😊

⁠Conhece a Filipa e o seu lifestyle saudável.

Qual é a tribo alimentar com que mais te identificas?

Identifico-me com a tribo do equilíbrio. Tive uma breve passagem por um estilo de vida Paleo que atualmente não sigo à risca mas com o qual me identifico e que sei que resulta para a minha saúde física e mental.

O que é que mais te inspira no lifestyle saudável?

Sem dúvida o que mais me inspira é tudo o que há para explorar! O manancial de opções que temos à disposição para podermos ter um estilo de vida mais saudável e mais sustentável é gigantesco. É preciso ter cuidado com o chamado green washing ou com o marketing agressivo de marcas que vendem produtos que nos adoecem mais do que o prazer que nos proporcionam, mas basta começar a ter que gerir uma casa, comprar a própria comida, olhar mais para a nossa saúde, para conseguirmos alinhar-nos com os produtos e as marcas que são “do bem”.

Quais foram os principais desafios na adoção de um lifestyle saudável?

Sou uma miúda do campo, habituada desde cedo a brincar na rua e a comer os seus verdes. Esses foram hábitos que sempre tive, bem como uma grande paixão pela prática desportiva. Tenho bicho carpinteiro e não aguento muito tempo com as pernas no sofá. No entanto, embora sempre longe do sedentarismo, tenho uma relação muito emocional com a comida. Não vivo sem sobremesa, por exemplo. ou aquele quadradinho de chocolate a acompanhar o café. O que fiz para controlar o meu vício foi informar-me de todas as opções saudáveis que tenho à disposição e que não precisam de estar cheias de químicos e sacarose. Agora sei que é possível comer doces sem comprometer a saúde.

O que recomendarias a quem quer começar um lifestyle saudável?

Comigo não resultam as mudanças drásticas mas sei que há pessoas que só conseguem mudar se for dessa forma. Eu faria uma lista (aliás, faço listas para tudo). Anotem tudo o que gostavam de mudar, ou melhor, verbalizem. E depois pesquisem as melhores opções, leiam, rodeiem-se de profissionais que vos podem ajudar a atingir esse objetivo. O que não queremos mudar e não nos faz mal, a nós ou ao outro, será sempre para manter.

O que mudou em ti por causa do lifestyle saudável?

Não tenho desculpa para certos comportamentos não saudáveis porque estou mais consciente. E sou também um melhor exemplo para os meus filhos.

Na Clevermeals acreditamos que nunca houve um momento em que o que comemos dissesse tanto sobre quem somos, sobre o nosso ponto de vista ecológico, ético e até sobre o nosso lifestyle.

Concordo a 100% e ainda bem. Estamos finalmente a criar esta consciência de que o Planeta não aguenta tanto desperdício e na ridicularidade que é não usarmos atentamente a imensidão de recursos naturais que temos. Quando eu andava na escola falava-se de reciclagem mas poucos a praticavam. Hoje em dia, a reciclagem está normalizada e já estamos muitos passos à frente na temática da sustentabilidade. Que não paremos de falar nisto, que não seja só uma moda!

O que inspira a tua vida? O que inspirou o projeto Mamii?

Sou facilmente “inspirável” por isso chateio-me comigo própria quando viro cética. Acho que devemos ouvir mais os outros e abrandar as nossas reações, e contra mim falo. Sinto-me mais inspirada quando estou mais atenta ao outro e no fundo, o meu trabalho na Rádio acaba por ser esse. Ouvir o outro e passar a mensagem o melhor que sei e o melhor que posso. A Mamii surgiu num momento em que parei para ouvir as necessidades das mães, que eram as minhas também. Precisava de roupa funcional à amamentação que não dependesse dos tops básicos das marcas de fast-fashion ou de uma adaptação de uma camisa com botões. Assim nasceu a Mamii, uma marca 100% portuguesa com uma causa 100% global. A crescer em modo slow-fashion desde 2018.

Quais são as 3 coisas que não podem faltar na tua vida?

O Eusébio, a Ema e o Mário. Tudo o resto é um jardim que vou regando e que tão depressa pode ter rosas como suculentas, não importa.

Se o Planeta pudesse falar, o que nos diria?

Tenham calma, há espaço para Todos.

Como devemos descrever a Filipa?

Caótica, apaixonada e uma otimista realista.

Discover Healthy. Get Clever!