O stress é a resposta do cérebro e do corpo à mudança e ao desafio. É a defesa natural do corpo contra o perigo causado por um evento ou pensamento que a faz sentir-se frustrada, com raiva ou nervosa.

O Que É?

Quando passamos por uma situação de stress, são ativadas determinadas hormonas no nosso corpo que ativam uma resposta do sistema imunitário de autodefesa denominada “luta ou fuga”.

Durante essa resposta, o batimento cardíaco aumenta, a respiração é mais rápida, os músculos contraem e a pressão arterial aumenta. Deste modo, o organismo está pronto a agir e a impedir que nos magoemos.

O stress pode tornar-se uma condição crónica se não forem tomadas medidas adequadas para controlá-lo. O stress crónico pode causar alterações químicas no corpo que podem aumentar a tensão arterial, a frequência cardíaca e os níveis de açúcar no sangue. O stress de longo prazo ou altos níveis de stress também podem levar a problemas de saúde física e mental.

Como Respondemos Ao Stress?

Estratégias como ignorar ou negar o stress, podem ser eficazes a curto prazo mas também podem prejudicar nossa saúde e felicidade a longo prazo. É geralmente aceite que a consciência do momento presente, uma característica fundamental do mindfulness ou atenção plena, aumenta a resiliência ao stress.

Esta consciência do momento presente envolve monitorizar e prestar atenção à experiência atual, em vez de prever eventos futuros ou ficar no passado. Estudos mostram que a disposição de um indivíduo em permanecer no momento presente está ligada a vários benefícios na saúde, incluindo níveis mais baixos de stress, ansiedade e depressão, melhoria do humor e uma sensação de bem-estar.

3 Variáveis ​​De Resposta Ao Stress

  • Perceção De Competência 

As pessoas acreditam que têm capacidade de lidar com uma situação ou não, isso desempenha um papel na maneira como lidam com o stress. A isto chamamos de “autoeficácia para lidar com a situação” e é um indicador da nossa capacidade de nos motivar para responder com eficácia a circunstâncias stressantes.

  • Confiança Nos Valores 

Confiar em valores em vez de reagir a situações imediatas de curto prazo, é descrito como “resposta consistente com valores”. Ou seja, quando as suas respostas são consistentes com objetivos e aspirações de longo prazo, em vez de serem influenciadas pela situação atual.

Estar presente, permite que esteja mais ciente das suas escolhas e valores, o que se traduz numa maior sensação de bem-estar, menor sofrimento psicológico e maior tolerância à dor na presença de circunstâncias stressantes.

  • Evitar Sentimentos Stressantes

A “fuga de sentimentos” é caracterizada por uma tendência de nos afastarmos de eventos stressantes da vida.

Está associado ao aumento do sofrimento psicológico e à redução do bem-estar ao longo da vida.

4 Formas De Lidar Com O Stress

1. Pratique Exercícios De Respiração

A respiração é uma maneira poderosa de regularmos as nossas emoções e é algo que consideramos natural.

Um dos exercícios respiratórios mais calmantes que pode fazer é inspirar (por exemplo, contar até quatro), manter e expirar até ao dobro do tempo (por exemplo, contar até seis ou oito).

Pode contrair suavemente a garganta, fazendo um som como o do oceano, que é usado na respiração de relaxamento profundo.

Enquanto faz isso, especialmente graças às longas exalações, está a ativar o sistema nervoso parassimpático, reduzindo a frequência cardíaca e a pressão arterial.

2. Adote Uma Atitude De Auto Compaixão

Auto compaixão é a capacidade de estar atento às suas emoções, ou seja, estar ciente das emoções que estão a acontecer dentro de si sempre que falha em alguma coisa. Não significa que se identifica com eles, pode apenas observá-los e anotá-los.

A auto compaixão também envolve a compreensão de que todos cometem erros e que faz parte do ser humano. É a capacidade de falar consigo mesmo da maneira como falaria com um amigo que acabou de falhar, de maneira calorosa e afável.

3. Valorize As Relações Genuínas 

Com que frequência estamos realmente presentes para outra pessoa a 100%? Qual foi a última vez que alguém esteve 100% presente consigo?

A nossa maior necessidade humana, depois da comida e abrigo, é relacionarmos com outras pessoas de maneira positiva.

A boa notícia é que, ao cuidar do seu bem-estar com práticas como a respiração e a auto compaixão, também pode voltar mais atenção para o que a rodeia e sentir-se mais conectada com os outros.

4. Pratique Compaixão Com Os Outros

Imagine um dia em que as coisas não estão a correr de feição – já entornou café e lá fora chove. Um amigo liga e conta-lhe que está a passar por uma verdadeira emergência. Desliga o telefone, levanta-se e vai ajudá-lo imediatamente. O que acontece ao seu estado de espírito naquele momento?

De repente, está com alta energia: está completamente ao serviço dele. Isto é praticar altruísmo, serviço e compaixão. Aumenta tremendamente o seu bem-estar, como muitos de nós experienciamos quando realizamos pequenos atos altruístas.

Resumindo…

Mantenha as coisas em perspetiva, procure aspetos positivos e reveja as razões pelas quais se deve sentir grata. A meditação mindfulness pode ajuda-la a lidar com o stress, rumo a uma vida mais saudável, ou seja, menos stress, mais saúde.

Se quiser saber mais sobre rotinas de mindfulness, leia o nosso artigo sobre Meditação.

Discover Healthy. Get Clever!