Maternidade

by | Jun 28, 2022 | Família, Lifestyle

A maternidade é um mundo de emoções e desafios que no fim valem sempre, sempre a pena! Fique a conhecer algumas dicas para ir preparando a chegada do seu bebé de uma forma mais serena.

A maternidade é um mundo de emoções e desafios que no fim valem sempre, sempre a pena!

A verdade é que é impossível qualquer mãe estar preparada para absolutamente tudo na maternidade.

A vivência desta experiência com o apoio de alguém próximo é sobretudo essencial para em conjunto se conseguir ultrapassar as diversas etapas da gravidez, gerir as emoções e as noites mal dormidas que se vão acumulando ao longo do processo.

O nascimento de um filho, por ser uma experiência desconhecida, pode gerar com alguma facilidade momentos de ansiedade e medo.

Por outro lado, a partir dela, a mulher tende a acreditar mais no seu potencial e na sua capacidade de superação.

Independentemente do tipo de parto, o vínculo entre a mãe e bebé tende a aumentar a cada dia que passa, potenciando todas as suas capacidades.

 

Como se preparar para a maternidade?

Todo este caminho poderá ser mais leve e descomplicado se houver algum tipo de preparação, seja algo mais formal ou informal e seguido ou não por profissionais de saúde.

De seguida deixo algumas dicas perfeitas para cada mãe se ir preparando para a chegada do seu bebé de uma forma mais serena.

  • Encontre informações de fontes seguras
  • Cuide de si e da sua saúde
  • Não queira controlar tudo
  • Tente ignorar palpites
  • Aprenda a gerir as expectativas
  • Arranje estratégias para gerir melhor a falta de descanso
  • Crie uma rede de apoio à sua volta
  • Seja mais positiva
  • Empodere-se
  • Fale com alguém sobre as suas preocupações acerca da maternidade
  • Pense em como deseja ter e onde o seu parto

Acredito profundamente que estas dicas podem fazer toda a diferença ao longo do desafiante caminho da maternidade.

Eu ao longo da gravidez foquei-me em muitas destas dicas e sinto bastantes diferenças na maneira como levo cada desafio, e acreditem que têm sido vários!

Um dos temas mais sensíveis para mim ao longo da gravidez, não seja eu enfermeira e com experiência em Bloco de partos, sempre foi o facto de pensar que tipo de parto iria ter. 

Apesar do contacto próximo com a realidade e sabendo de todas as advertências e condicionantes possíveis que podem alinhar ou não um parto, não deixei de criar as minhas expectativas.

Esse é um caminho mais demorado, pelo menos para mim, aprender a gerir melhor as expectativas.

O que poderá ajudar bastante nessa gestão de expectativas é sem dúvida a escolha do local do parto e para isso nada como uma visita pré-natal, presencial ou virtual.

 

Visita Pré-Natal

Esta visita é nada mais, nada menos, que uma visita física ou virtual aos serviços que farão parte do momento de entrada e/ou urgência obstétrica, do bloco de partos, do puerpério imediato e do internamento de obstetrícia e neonatologia. 

É uma visita que considero essencial para fazer antes do nascimento do bebé e por volta das 30 semanas, onde poderá verificar as práticas do hospital, conhecer os serviços e instalações e ainda tirar todas as dúvidas.

Assim vai ser possível tornar o nascimento do seu filho um acontecimento ainda mais especial e sereno.

Cada hospital tem a sua tipologia de visita (presencial ou virtual) e o seu horário, no entanto todos são guiados por um enfermeiro da área de obstetrícia e responsável pelas visitas.

Neste momento é também dada a conhecer a famosa lista de enxoval recomendado ou a lista para a mala da maternidade e outras informações que serão com certeza úteis nesta fase da maternidade.

 

Mala da Maternidade 

A mala da maternidade, na realidade deve ser em dose dupla, uma mala para a mãe e outra mala para o bebé, sendo assim mais fácil de organizar todo o material.

Antes de vos falar do que levar especificamente nas malas, venho despertar a vossa atenção para alguns cuidados especiais que devem ter em conta ao preparar as malas.

  • Lave todas as peças de roupa do bebé antes de as usar, separadamente da outra roupa
  • A roupa pode ser lavada à mão com sabão azul e branco ou à máquina com detergente próprio para bebés
  • Seque a roupa ao sol e passe-a a ferro
  • Corte as etiquetas da roupa, principalmente da roupa interior
  • A roupa selecionada deve ser confortável e de fácil manuseamento
  • Evite a roupa de vestir pela cabeça do bebé
  • Os conjuntos de roupa interior do bebé devem ser 100% de algodão
  • Não leve objetos de valor para a Maternidade
  • Não esqueça a cadeirinha de transporte do bebé para o levar para casa
  • Leve sacos de plástico para colocar a roupa suja

As listas de enxoval para a mãe e para o bebé apresentam algumas diferenças de hospital para hospital (privado ou público), sendo que deve sempre validar com a instituição escolhida esta lista.

No entanto, deixo de seguida e de uma forma generalista uma ideia do que levar na mala da maternidade para a mãe e para o bebé.

No caso das instituições privadas há ainda a hipótese da permanência do pai ou acompanhante durante a noite.

Dado essa possibilidade, deixo também uma ideia do que deve conter a mala do pai.

 

Mala da Maternidade – Mãe

  • Últimas análises e ecografias
  • Boletim de grávida
  • Cartão de cidadão
  • Cartão de beneficiário de sistema complementar de saúde ou seguro de saúde (quando aplicável)
  • Medicação habitual (que tenha necessidade de manter no pós-parto)
  • 2 pares de chinelos (1 para o quarto e 1 para tomar banho)
  • Necessaire com produtos de higiene
  • 3 a 4 Pijamas ou camisas de dormir com abertura na frente (preferencialmente)
  • Robe
  • Roupa para regresso a casa
  • Discos e soutiens de amamentação
  • Cuecas descartáveis e pensos higiénicos
  • Creme protetor de mamilos (facultativo)
  • Protetor de mamilo (facultativo)

 

Mala da maternidade – Bebé

  • 2 gorros (1 para o dia do nascimento e 1 para o dia da alta)
  • 4 a 6 conjuntos de roupa de vão depender da estação do ano (body interior, babygrow ou cueiro, casaco, collants, calça de algodão e meias ou botinhas)
  • Todos os conjuntos devem vir identificados e devidamente separados em sacos de panos ou de plástico com fecho
  • 1 manta (de acordo com a estação do ano e nunca polar)
  • 2 fraldas de pano
  • Lima de cartão
  • Fraldas descartáveis (cerca de 20 fraldas)
  • Toalhitas de limpeza ou compressas limpas
  • Escova de pêlo macio
  • Chupeta (facultativo)

 

Mala da Maternidade – Pai

  • 1 pijama
  • Necessaire com produtos de higiene
  • Chinelos de quarto
  • Telemóvel e carregador
  • Máquina fotográfica (facultativo)
  • Snacks e moedas para máquinas de café

 

Resumindo…

A maternidade é um desafio constante e a chegada do bebé, um momento muito desejado.

Para tentar levar este caminho com calma e serenidade, leia este artigo, verifique as dicas que deixo para uma melhor preparação da maternidade, incluindo a visita pré-natal e a lista de enxoval para as malas da maternidade.

Tente preparar tudo com antecedência e não se esqueça do que quer levar para si e para o seu bebé.

⚡ Descubra mais sobre este tema, leia o artigo, Iniciativas de Apoio à Família: Parte I

⚡ Fique a conhecer mais sobre este tema, leia o artigo Desafios na Gravidez.

truques-familia-clevermeals

Truques Prá Família é um projeto de Sofia Rodrigues. Enfermeira de profissão, tem percorrido outros caminhos na área da educação, em estreita relação com as crianças e as suas famílias, dentro e fora do contexto clínico. O foco é a educação positiva, saúde escolar e boas práticas que direcionem para os hábitos de vida saudável.

 

Tags: Cuide De Si durante Natal

Novidade!

Instagram

Artigos relacionados