Como sabem, no presente mês temos o Festejo da Amizade, do amor e da união. Dia de São Valentim ocorre sempre a 14 de Fevereiro e é uma data dedicada aos apaixonados.

O amor é um sentimento universal e não pense que são só os adultos que têm direito à comemoração deste dia. Este é o dia para as crianças festejarem os amigos do coração, não esquecendo que todos os dias são dias de cuidarmos dos nossos amigos.

As crianças vão aprendendo a desenvolver a amizade de forma natural, ao mesmo tempo que brincam com meninas e meninos da mesma faixa etária. Pouco a pouco vão mostrando preferências por algumas crianças e, durante os primeiros anos de vida, dão-se as primeiras relações, brincadeiras e troca de brinquedos.

Estes valores, resultantes de boas práticas por parte das crianças, trazem-lhes uma panóplia de experiências que são muito importantes para o seu desenvolvimento e aprendizagem.

Obviamente que esta relação não se desenvolve apenas na escola, mas também em casa e em qualquer lado onde consigamos nós e as crianças ter pontos de interesse e comuns com o outro.

Nem todas as famílias são iguais. Algumas são mais engraçadas, outras são muito amorosas e calorosas, umas mais formais e outras mais descontraídas e até há aquelas que são muito exigentes. Mas têm sempre algo em comum, o amor!

O amor que une as pessoas de uma família deverá ser maior que qualquer intriga e que qualquer dificuldade, e à partida conseguirá superar tudo.

Em tom de brincadeira e de uma forma informal, os pais e cuidadores próximos devem partilhar algumas ideias sobre a amizade dentro do contexto familiar. Esta ação proativa poderá ajudar a criança a saber dar mais valor à amizade com o outro.

Reforços ideais passam por dizer por exemplo o seguinte: “os brinquedos devem ser partilhados com as outras crianças”, “quando algum colega fizer algo menos correto, deve-se tentar conversar com ele”, “deve-se proteger os amigos para eles também nos protegerem quando necessário”, “deve-se ficar sempre contente com as conquistas dos outros” e “alegrar um amigo quando está triste”.

Este significado de amizade, amor e entreajuda deve começar a ser despertado dentro do núcleo familiar.

Para estimular este significado e não deixar em branco esta data sugerimos uma atividade para fazer em família: “Os mais belos postais de amizade”.

Materiais:

  • Folhas de papel (branco ou de outra cor)
  • Lápis de cor ou canetas de feltro
  • Cartolina
  • Tesoura
  • Cola
  • Impressora
  • Scanner

Regras:

  • Reúna toda a família e distribua o número de folhas de papel para cada um, de acordo com o número de pessoas que vivem na casa.
  • Cada um deve escrever um pequeno texto que justifique o amor, o carinho e a amizade que se tem pelo outro. As crianças fazem a versão mais lúdica: desenhos que ilustram alguma coisa que goste de fazer com cada uma das pessoas.
  • Para aprimorar as cartas dos mais pequenos, deve digitalizar os lindos e coloridos desenhos. Depois deve imprimi-los, recortá-los e colá-los em cartolina no formato mais parecido com o dos postais.
  • De seguida e depois de todos completarem os seus postais, os mesmos devem ser partilhados.
  • Como estamos em tempos de distância social, seria uma boa ideia enviar via e-mail desenhos dos mais pequenos para os seus amiguinhos e com isto dar valor às amizades já estabelecidas.

Já se pratica, em muitas escolas, o hábito de trocar bilhetes no Dia de São Valentim, mais conhecido como Dia dos Namorados.

Mesmo que não seja hábito na escola dos seus filhos, pode e deve incutir-lhes a ideia de que é importante que eles aprendam desde pequenos a cultivar o amor pelo próximo (seja familiar ou amigo) e a saber manifestá-lo. Por isso, esta atividade criativa acarreta uma grande importância mesmo realizada à distância e em família.

Resumindo… 

O valor da amizade, do carinho e do amor pelo outro  deve ser cultivado no núcleo familiar desde muito cedo, para que a criança aprenda sobre o valor da amizade. É necessário demonstrar noções, conhecimentos, habilidades, emoções, vivências e sentimentos, para que no fim de contas, se consiga preparar para viver com harmonia e respeito. Esta atividade em família quebra qualquer distância e certamente irá criar um sorriso nas crianças.

Se quiser saber mais sobre atividades para crianças, leia o nosso artigo Baú da Família.

Truques Prá Família é um projeto de Sofia Rodrigues. Enfermeira de profissão, tem percorrido outros caminhos na área da educação, em estreita relação com as crianças e as suas famílias, dentro e fora do contexto clínico. O foco é a educação positiva, saúde escolar e boas práticas que direcionem para os hábitos de vida saudável.