Hoje, 10 de Março, comemora-se o Dia do Telefone, em homenagem à primeira transmissão utilizando o aparelho patenteado pelo inventor escocês Alexander Graham Bell.

Os telefones foram evoluindo ao longo dos tempos, até surgirem os já comuns telemóveis.

Atualmente devido à pandemia por COVID-19, encontramo-nos forçados a um confinamento, a uma telescola, a um teletrabalho e tudo à base das novas tecnologias para mesmo dentro de casa, nos mantermos em conexão com o exterior.

A tecnologia faz parte da vida da grande maioria das crianças e jovens. Para pais, educadores e profissionais de saúde, entretanto, lidar com essa familiaridade é um assunto controverso e ainda divisor de opiniões.

Para nos ajudar a perceber melhor estas ferramentas diárias dos mais novos, e não só, apresento de seguida o Top 5 das Vantagens e Desvantagens.

5 Vantagens

Interação Social
À medida que as crianças desenvolvem as suas habilidades linguísticas, cresce a necessidade de se relacionarem com os outros. Nesse sentido, a Internet é um espaço que promove a comunicação e a criação de relações com alguém mais ou menos próximo. Contudo, não deve ser descurada a vigilância.

Possibilidade De Diversão
As novas tecnologias são também sinónimo de diversão. Além disso, algumas aplicações e jogos desenvolvem algumas capacidades intelectuais, pois estabelece relações de causa-efeito, lógica, resolução de problemas e casos de ação-reação.

Evolução E Controlo Das Capacidades Motoras
O contacto regular com teclados, comandos da Playstation ou ecrãs de smartphones ou tablets, permite que as crianças desenvolvam e controlem algumas das suas capacidades motoras.

Melhoria Das Funções Cognitivas
As novas tecnologias criam novos desafios. Existem programas que incentivam a descoberta da escrita, leitura e matemática. Isso eleva as competências da criança e promove a capacidade e envolvimento na própria aprendizagem.

Acompanhamento Pedagógico
O facto das novas tecnologias estarem mais presentes e intuitivas, influenciam diretamente a aquisição de conhecimentos. Isso pode acontecer através da Internet, por apresentações audiovisuais ou programas educacionais que acompanhem os manuais escolares.

5 Desvantagens

Sedentarismo
Há crianças que se deixam envolver de tal forma pelas novas tecnologias que se esquecem de atividades mais ativas, como o contacto com a natureza e a atividade física.
Uma das consequências tardias poderá ser a obesidade.

Distúrbios Emocionais
Existem cada vez mais crianças com sintomas de depressão, ansiedade ou PHDA (perturbação da hiperatividade e défice de atenção). Investigações referem que o uso excessivo das novas tecnologias pode provocar problemas emocionais e de desenvolvimento. O uso regular das mesmas pode ainda levar a casos de cyberbullying, que é uma forma de bullying cada vez mais frequente e consiste no uso da tecnologia para assediar, ameaçar, provocar ou humilhar alguém de forma repetitiva e intencional.

Realização Simulada
O ambiente virtual pode favorecer uma sensação de “realização simulada”, da qual a criança ou jovem pode retirar conforto particular, mas não real.

Pressão Social E Financeira
Ainda que seja cada vez mais acessível, a aquisição de qualquer nova tecnologia apresenta um encargo financeiro considerável. Na tentativa de se sentirem integrados nos grupos de amigos, por vezes as crianças e jovens tendem a “exigir” dos pais esforços, por vezes, insuportáveis.

Travão À Socialização
O anonimato e a sensação de poder que a tecnologia proporciona ao utilizador, podem prejudicar a sua comunicação com o mundo. Isso pode prejudicar a socialização e a capacidade de se relacionar com os outros e com o mundo real, caindo num isolamento constante.

Atualmente, e considerando a inegável presença das novas tecnologias na vida das crianças e adolescentes, os pais e cuidadores mais próximos devem ter em conta as recomendações para o seu uso, de forma a diminuir os riscos.

Dado isto, os pais e cuidadores próximos ganham uma grande importância na orientação e monitorização das tecnologias. Tornam-se os mentores digitais das crianças e adolescentes, para que as tecnologias sejam usadas de forma saudável e útil, seja de forma educativa ou lúdica.

Resumindo…

Agora que já sabe dos prós e contras deste mundo digital, tente vigiar e monitorizar a sua utilização, de forma a evitar problemas como o sedentarismo, o cyberbullying, a falta de interação social, pois sabe-se que influenciam negativamente a saúde. O objetivo é moderar o uso da tecnologia, favorecendo a inter-relação pessoal, elemento este essencial para a saúde e o bom desenvolvimento da criança ou jovem. Se é pai ou cuidador próximo, esteja mais atento!

Se quiser saber mais sobre educação infantil, leia o nosso artigo Aprendizagem Passiva e Ativa nas Crianças.

truques-familia-clevermealsTruques Prá Família é um projeto de Sofia Rodrigues. Enfermeira de profissão, tem percorrido outros caminhos na área da educação, em estreita relação com as crianças e as suas famílias, dentro e fora do contexto clínico. O foco é a educação positiva, saúde escolar e boas práticas que direcionem para os hábitos de vida saudável.